Vá Dançar à Luz da Lua

lembro quando você disse “não me deixe aqui sozinho” 

me ligou às duas da manhã 

e, então, novamente até o sol nascer 


Tentando mudar a minha mente 

para o “sim” que te neguei 

eu estava sangrando lentamente 

por cada “não” que quebrava meu pescoço 


fui tão inocente 


Mas o mundo gira 

vi que eu podia sair do lugar 

fui dançar à luz da lua


eu não te amei porque não amava a mim mesma 

te amei porque você não estava procurando 

por um cristal que pudesse lapidar





Comentários

  1. Que linda essa última estrofe! Muito sensível essa poesia!

    ResponderExcluir
  2. Leidi, a sua poesia tem um tom reflexivo de profundidade tão grande que eu li o poema várias vezes para senti-lo até na alma. :)
    Seu eu-poético é grandioso demais!

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu fico tao feliz quando tu diz essas coisas. Não me iluda assim.

      Um beijo.
      Ha det bra!
      Leidiane Holmedal | leidianesbueno@gmail.com
      Watermelon Curly
      Instagram Watermelon Curly


      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas