ESTADO DA MENTE

Hoje, enquanto tentávamos não olhar um para o outro, mas já olhando - um de cada lado da rua -, eu quis saber como você se sente ao olhar para mim. 

 

Seu coração acelera e o ar condensa em seus pulmões, assim como foi para mim em todas as vezes que olhei para você desde a primeira vez? Será que o teu cérebro tem detalhado o mapa do meu corpo e o teu sangue ferve  instantaneamente? Será que o desejo de me tocar é tão forte como costumava ser? 

 

Segui em frente. Te olhando de canto através dos cabelos que o vento soprava em meu rosto. Tua conversa continuava, teus olhos grudados em mim, teus pensamentos não sei mais se faço questão de saber. 

 

Teus pensamentos… 

 

Teus pensamentos são uma incógnita que incontáveis vezes confundiram os meus. Mas hoje, eu não senti meu corpo tremer, tampouco, falta de ar. Estaria eu me tornando imune ao teu hoodie, tua barba, teus jeans largos e o skate desgastado nas tuas mãos? Você sabe, essa é a minha versão favorita de você. 

Versão essa que costumava desestabilizar meus sentimentos e o meu mundo, hoje apenas me fez desviar alguns metros para poupar ambos de um embaraço e futuras decisões ruins.

 

Cheguei em casa e depois de meses de abstinência, assisti às tiragens de tarot para os meus signos de sol e lua, a lua que também é teu sol. E, adivinha? Eu poderia ter escrito aquele roteiro. As tiragens se completam e verbalizam nossa interação - ou a falta dela - nos últimos meses. Não me surpreendi, as cartas sempre sabem sobre nós e nossas indecisões. 

 

Me lembrei de quando você afirmava que somos um casal perfeito, mesmo que nunca tenhamos sido de fato um casal. 

 

Me atenho e me agarro com clareza aos fatos. 

Em lados opostos da rua, seguimos em frente. 






Comentários

  1. Que bom que você superou esse momento.

    Boa semana!

    O blog está em Hiatus de Inverno entre 02 de agosto e 02 de setembro, mas comentaremos nos blogs amigos nesse período.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um suspiro de alívio!

      Te vejo em breve!
      Beijos!
      Leidiane Holmedal | leidianesbueno@gmail.com
      Watermelon Curly
      Instagram Watermelon Curly

      Excluir
  2. "Me lembrei de quando você afirmava que somos um casal perfeito, mesmo que nunca tenhamos sido de fato um casal.
    Me atenho e me agarro com clareza aos fatos.
    Em lados opostos da rua, seguimos em frente."


    Esse sentimento é antagônico e libertador, apesar de tudo. Falo isso, porque eu poderia ter escrito isso também. E é esse sentimento de identificação que me deixou embasbacada como você conseguiu fazer de algo particular tão universal. Sua literatura é linda e eu te admiro. :)

    Um beijo,
    Fernanda Rodrigues | contato@algumasobservacoes.com
    Algumas Observações
    Projeto Escrita Criativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus comentários sempre me deixam com o coracao quentinho. Te amo!

      Beijos.
      Leidiane Holmedal | leidianesbueno@gmail.com
      Watermelon Curly
      Instagram Watermelon Curly

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Setembro - mês da consciência da dor

Maria

A Astrologa