Leda

Photo: Mariakray - Pixabay



Memories: One week living in the Netherlands. It feels like three years have already passed. Not because we've experienced a lot of new things here, there are still many boxes to unpack and more that haven't even arrived yet, but my brain assimilates "yesterday" as a long leap in time. Is my perception of time so unusual? This week has mainly been about dealing with bureaucracy, unpacking, buying essential items, and exploring the area where we live. As a true Sagittarius, new places make my eyes sparkle like fireworks.

I just signed up for Bright Lost Things, a community by Noah Gundersen (my favorite artist), where he shares exclusive material. And I'm already on the floor, curled up in a fetal position, wanting to write twenty new books. I thought "Chasing Cars" had hit hard, but the original version of "Better Days" hit me with the intensity of an F1 car on a straight line.

This week I felt: excited
I'm proud to have completed: the move. The journey was long, but we arrived safely. Thank you, universe!

One thing I'm grateful for: having this blog to share my thoughts and feelings and somehow feel a little more a part of this wonderful and complicated world.

Listen to the music you truly love, don't be ashamed to be yourself, regardless of circumstances or time.

What I'm excited about:
- Walking on the beach tomorrow morning
- Exploring the Bright Lost Things community
- Posting on the blog regularly

What I'm committed to:
Not stressing over the challenges that come with new beginnings

Music recommendation: "Swan Upon Leda" by Hozier


Memórias:
Uma semana morando na Holanda. Sinto como se já tivessem se passado três anos. Não porquê já vivemos um monte de coisas novas aqui, ainda há várias caixas para desempacotar e outras mais que nem chegaram, mas meu cérebro assimila o "ontem" como um longo salto no tempo. Seria minha percepção de tempo tão incomum assim? Essa semana se resumiu basicamente em resolver burocracias, desempacotar, comprar itens de primeira necessidade e conhecer a região que moramos. Como boa sagitariana, lugares novos fazem meus olhos brilharem como fogos de artifícios. 

Acabei de me inscrever na Bright Lost Things, comunidade de Noah Gundersen (meu artista favorito), onde ele compartilha material exclusivo. E já estou no chão, encolhida em posição fetal e querendo escrever vinte novos livros. Achei que Chasing cars tinha batido com força, mas a versão original de Better days me atingiu com a intensidade de um carro de F1 numa reta. 

Essa semana eu me senti: entusiasmada

Estou orgulhosa de ter concluído: a mudança. A viagem foi longa, mas chegamos bem. Obrigada, universo! 

Uma coisa da qual estou grata: ter esse blog pra compartilhar meus pensamentos e sentimentos e de alguma forma me sentir um pouco mais parte desse mundo maravilhoso e complicado

Ouça as músicas que você realmente gosta, não tenha vergonha de ser você mesmo, independente das circunstâncias ou do tempo

Sobre o que estou animada:

- Caminhar na praia amanhã de manhã 

- Explorar a comunidade Bright Lost Things

- Postar no blog com frequência

Com o que estou comprometida:

Não me estressar com as dificuldades que vêm com os recomeços 

Indicação de música: Swan Upon Leda - Hozier 


        ---------------------------------------------------------------------------------------------------

          Compre "Meu coração não fala com estranhos" aqui: Helvetia Editions
Compre "As 79 Luas de Jupiter" aqui: Editora Penalux
     Para saber mais sobre o meu trabalho me acompanhe no Instagram 

Comentários

  1. Gostei de suas palavras de motivação, pois realmente as pessoas tem medo de gostar de algumas coisas, pois tem vergonha de mostrar para os outros o que gosta, isso é muito ridículo, pois você esta negando a si mesmo.
    parabéns pela mensagem

    site

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Trinta e Três Voltas Ao Redor Do Sol

Arte é um processo

The Beauty of Impermanence