Things that makes you happy

 



30 days writing challenge
Dia 2: Coisas que te fazem feliz


As vezes eu esqueço de responder as mensagens de minhas amigas. Eu me esqueço assim como todas as pessoas esquecem de fazer alguma coisa.
Por causa do trabalho, da mudança pra Holanda, mobiliar a casa, por causa da escrita, das refeições. Por ter de lavar os cabelos, pelos passeios e dias bons.
Sempre há algo para fazer, para me preocupar, para sonhar, para não fazer e apenas descansar. Não tem problema, eu sou adulta. Tudo isso é válido e demanda tempo. Mas não é desculpa.

Honestamente, eu esqueço de responder minhas amigas porque sou abençoada. Abençoada com uma vida cheia de amizades de longa data, que não me cobram presença. O amor delas está ao meu redor, mesmo que elas estejam a um oceano Atlântico de distância de mim. Assim como o meu amor por elas preenche minha casa, meu coração e o meu mundo.
Demos e recebemos tanto e ainda há muito para dar e receber, on-line ou cara a cara. Nossos corações e pés seguem a mesma estrada, mesmo que cada uma caminhe por lados diferentes.

A verdadeira alegria reside na felicidade daqueles que amamos.
É por isso que acho que esqueço que o meu amor também é necessário em palavras (por mais que as diga e as reafirmem constantemente).
Eu não acho que esqueço, nossa amizade nunca me deixa. Nenhuma distância, trauma, agenda ou relacionamento amoroso poderia nos manter emocionalmente distante uma das outras.

Eu vejo a mim mesma escrevendo no meu diário, o sol brilhando através das cortinas, meus lábios mordendo um enorme sorriso. Detalhes dos momentos que vivi em 2015, ao lado das irmãs que a vida me deu ainda estão tão vividos que consigo sentir o cheio do palco.
Quase dez anos depois, esses ainda são os momentos mais especiais que já vivi. Se eu soubesse que aquele seria o nosso último abraço, no que parece tempo demais sem nos vermos, eu teria ficado mais tempo.

O amor é constante, as ligações nem tanto assim. Mas não são apenas as palavras que importam. Porque somos nosso verdadeiro conforto e fé num futuro melhor.

Elas me deixam saber como se sentem e ser parte de suas vidas mesmo distante. Estamos conectadas. Mais do que qualquer coisa, elas me fazem sentir parte de suas famílias.

Quão sortuda eu me sinto por nunca deixar essa sensação de pertencimento ir.

Obrigada!
De verdade.
Muito obrigada.

E eu estou muito feliz.

Lil, Lily, Lilian ou qualquer que seja a parte dela que você tenha.
Essa mulher inspiradora tornou a minha vida INCRÍVEL e fevereiro é o mês dela.
E, sem as palavras, imaginei que ela poderia estar aqui para celebrarmos juntas.
Amizade também dói, porque dói estar longe.
Desde que acordei tenho enchido balões para ela. Balões de pensamentos flutuantes.

Porque ela é doce e amada. 
Verdadeiramente amada.
Eu poderia usar milhares de palavras
E mais palavras
A coisa mais estranha é que, eu ouço a risada e o sotaque dela… eles me fazem sentir bem.
Você pode ouvir os meus?

Eu não te esqueci.
Você está lá e eu estou aqui.
E isso não importa.
É tão bom ter você na minha vida. 

Eu estou sorrindo. 
Um sorriso largo.
E tenho um livro de memórias de nós duas juntas para finalizar.

Eu acendo uma vela.
Eu acendo três velas.
Respiro fundo e agradeço ao universo por ter o privilégio de te chamar de irmã.

Feliz vida, amiga!
Feliz você!
Feliz cada seguindo de você nesse mundo!

Te amo infinito.




Things that makes you happy


I have a tendency to forget to reply to my friends' messages. I forget, just like everyone forgets to do something. Because of work, new country, furnishing the house, writing, meals, having to wash my hair, sightseeing and all good days. There's always something to do, to worry about, to dream about, not to do and just to rest. It's okay, I'm an adult. All of this is valid and takes time. But it's not an excuse.

Honestly, I forget to reply to my friends because I am blessed. Blessed with a life full of long-lasting friendship that doesn't require my presence. Their love surrounds me, even though they are an Atlantic Ocean away from me. Just as my love for them fills my house, my heart, and my world. We give and receive so much, and there is still much to give and receive, online or face to face. Although we walk on different sides, our hearts and feet follow the same path.

True joy lies in the happiness of those we love. That's why I think I forget that my love is also needed in words (even though I tell them and reaffirm them constantly). I don't think I forget; our friendship never lets me. No distance, trauma, schedule, or romantic relationship could keep us emotionally distant from each other.

I see myself writing in my journal, the sun shining through the curtains, my lips biting into a huge smile. Details of the moments I lived in 2015, alongside the sisters life gave me, are still so vivid that I can smell the scent of the stage. Almost ten years later, those are still the most special moments I've ever lived. If I had known that would be our last hug in what seems like too long without seeing each other, I would have stayed longer.

My love is constant; The calls are not so much. But it's not just the words that matter. Because we are each other's true comfort and faith in a better future.

They let me know how they feel and be part of their lives even from afar. We are connected. More than anything, they make me feel part of their family.

How lucky I feel to never let go of this sense of belonging.

Thank you!
Really.
Thank you very much.

And I am very happy.

Lil, Lily, Lilian or whichever part of her you have. This inspiring woman has made my life AMAZING, and February is her month. And, without words, I imagined she could be here to celebrate together. Friendship also hurts because it hurts to be apart. Since I woke up, I've been filling balloons for her. Balloons of floating thoughts.

Because she is sweet and loved. Truly loved. I could use thousands of words. And more words. The odd thing is, I hear her laughter and her accent... they make me feel good.
Can you hear mine too?

I haven't forgotten you. You are there, and I am here. And it doesn't matter. It's so good to have you in my life.
I am smiling.
A wide smile.
I have a book of memories of us together that needs to be finished.

I lit a candle.
I lit three candles.
I take a deep breath and thank the universe for the privilege of calling you sister.

Happy life, my dear friend!
Happy you!
Happy every second of you in this world!

I love you endlessly.




--------------------------------------------------------------------------------------------

          Compre "Meu coração não fala com estranhos" aqui: Helvetia Editions
Compre "As 79 Luas de Jupiter" aqui: Editora Penalux
     Para saber mais sobre o meu trabalho me acompanhe no Instagram 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trinta e Três Voltas Ao Redor Do Sol

Arte é um processo

The Beauty of Impermanence