What will there be after fifteen?


 

Desafio 30 dias de escrita


DIA 1: descreva sua personalidade

Embora eu afirme ser paciente, preencho minha espera com atividades, enquanto desejo tudo simultaneamente. Desisto das coisas pela metade quando se tornam demasiado difíceis. Ainda não identifiquei a causa dessa tendência.

Minha mente vagueia constantemente, pintando as paredes do meu universo de rosa e a trilha sonora é uma composição das minhas boybands favoritas. "Vai dar certo", repito constantemente para mim mesma e para os outros. Apesar dos meus quase quarenta anos, ainda ressoa em mim a garota de quinze.

Morar na Irlanda é a minha resposta para todos os problemas. Por quê? Não sei. Tenho uma ligação emocional com as memórias dos dias vividos lá. A simples ideia me transporta para sentir o vento no rosto e meus cabelos dançando com o som do mar. Às vezes, acredito que em outra vida fui uma onda - ou um peixe.

Necessidade pulsante de explorar todas as profundezas, indo e voltando. Sou poesia e estranheza, tanto delicada quanto crua.

E depois dos quinze. O que haverá?





30 days writing challenge


DAY 1: describe your personality

Even though I have a reputation for being patient, I make the most of my waiting time by engaging in activities while simultaneously wishing for everything. When things become too difficult, I quit halfway through them. The cause of this tendency is still unknown to me.

My mind is always in a state of wandering, painting the walls of my universe pink, and my favorite boy bands are on the soundtrack. "It will work out”, I constantly repeat to myself and to others. Even though I'm getting older, the fifteen-year-old girl still resonates within me.

Living in Ireland is my solution to every problem. Why? I don't know. I am emotionally attached to the memories of the time I spent there. The mere idea transports me to feel the wind on my face and my hair dancing to the sound of the sea. Sometimes, I believe that in another life I was a wave - or a fish.

I am poetry and strangeness, both delicate and raw. There's a pulsating need to explore all depths, going back and forth.

What will there be after fifteen?



--------------------------------------------------------------------------------------------

          Compre "Meu coração não fala com estranhos" aqui: Helvetia Editions
Compre "As 79 Luas de Jupiter" aqui: Editora Penalux
     Para saber mais sobre o meu trabalho me acompanhe no Instagram 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trinta e Três Voltas Ao Redor Do Sol

Arte é um processo

The Beauty of Impermanence